CONHECA O QUE É UMA CHAVE FIM DE CURSO

CONHECA O QUE É UMA CHAVE FIM DE CURSO
CONHEÇA O QUE É UMA CHAVE FIM DE CURSO OU MICROSWITCH

Simbologia dos Instrumentos de Medidas Elétricas

Quando vamos executar uma instalação elétrica qualquer, necessitamos de vários dados e um deles é a Simbologia dos Instrumentos de Medidas Elétricas . Que na maioria das vezes passam despercebidos pelos profissionais da área.


                   


Observe que os instrumentos se distinguem por símbolos gravados em seus visores. Esses símbolos por mais estranho que eles sejam , cada um tem o seu significado importantíssimo para as medições das grandezas elétricas : Classe de precisão, tipo de corrente, tensão de ensaio, posição de instalação e o seu principio de funcionamento.

1°-Simbologia quanto ao princípio de funcionamento



Instrumento de Ferro Móvel:

Na parte interna de uma bobina, uma chapa de ferro doce fixa é montada em oposição a uma chapa móvel. Se na bobina circula corrente, então ambas as chapas são magnetizadas identicamente em relação aos pólos resultantes, e desta forma, se repelem. Quando se dá a inversão do sentido de circulação da corrente,na bobina,as chapas são novamente magnetizadas identicamente,e continuam se repelindo. Por isto, os instrumentos de ferro móvel são adequados para a medição, tanto de corrente quanto de tensão, em corrente contínua e em alternada.










Instrumento de Bobina Móvel :


No campo de um imã permanente, é montada uma bobina móvel, giratória, alternada por corrente elétrica. a corrente é levada até a bobina por meio de molas espiras, que simultaneamente desenvolvem o conjugado de oposição ao deslocamento da bobina.
A rotação da bobina e consequente deflexão do ponteiro, são proporcionais à corrente, o que faz com que os intervalos sobre a escala estejam igualmente distanciados. O ponto zero da escala pode tanto ficar no meio quanto na extremidade. Quando ocorre inversão do sentido de circulação da corrente, ocorre também a inversão da rotação da bobina ou da deflexão do ponteiro. Disto resulta que este instrumento apenas pode ser usado para medição de tensão ou corrente contínua.






INSTRUMENTO ELETRODINÂMICO :
O sistema de medição eletrodinâmico consiste de uma bobina móvel e uma fixa. Perante a passagem de determinada corrente, as bobinas apresentarão a mesma polaridade e assim levarão o ponteiro à deflexão, por repulsão. A corrente que alimenta a bobina móvel é levada a esta por meio de 2 molas espirais, que, simultaneamente, desenvolvem uma força contrária ao deslocamento angular. Numa inversão do sentido da corrente, ambas as bobinas invertem ao mesmo tempo a sua polaridade. Com isto, as condições de repulsão entre as bobinas não se alteram e a deflexão do ponteiro se dá sempre para o mesmo lado. Por esta razão, o instrumento pode ser utilizado tanto em corrente contínua quanto alternada. Usado como amperímetro ou como voltímetro, ambas as bobinas são ligadas em série ou, perante correntes muito elevadas, são ligadas em paralelo. A principal aplicação deste tipo de instrumento é encontrada nos medidores de potência (Wattímetros).






SISTEMA RESSONANTE :


O instrumento baseia o seu funcionamento nos efeitos de ressonância. Uma determinada quantidade de Lâminas metálicas (línguas) de diferentes frequências, próprias de ressonância, é levada a vibrar, pela ação dos impulsos magnéticos provenientes de um eletroímã alimentado com freqüência nominal da rede. Com isto, uma das lâminas vibrará com maior intensidade, e exatamente aquela cuja freqüência própria é a mesma cômoda freqüência aplicada. Lâminas adjacentes também vibrarão, porém com menor intensidade. Esse sistema é usado no frequencímetro .















SISTEMA ELETRODINÂMICO COM BOBINAS CRUZADAS :


A construção deste instrumento corresponde ao de um instrumento eletrodinâmico blindado em invólucro de ferro, com bobinas cruzadas móveis. Os pólos do núcleo de ferro, que é fixo, são estabelecidos por meio de uma bobina de corrente. Ambas as bobinas do sistema móvel de bobinas cruzadas são ligadas à tensão e apresentam um comportamento em oposição. Aplicando-se corrente alternada monofásica, uma das duas bobinas cruzadas, ligadas em paralelo, irá comandar uma indutância. A conjugados opostos nas bobinas cruzadas, devido ao defasamento, em relação à bobina de corrente. O conjugado que atua sobre a deflexão do ponteiro é determinado pela bobina, cuja tensão apresenta um maior deslocamento de fase em relação à corrente da bobina de corrente. O ponto zero do instrumento, tal como em todos os instrumentos de bobina cruzada, é dado apenas após a ligação da tensão. estes instrumentos tem amortecimento por correntes parasitas. Instrumento usado para medir fator de potência ( cosseno de fi ) .



2°-Simbologia quanto à posição de funcionamento


Os instrumentos de medidas elétricas são construídos para funcionar em três posições: Vertical, horizontal e inclinada .


o instrumento obrigatoriamente tem que trabalhar na posição vertical






posição horizontal









note que na posição inclinada os gruas da inclinação estão descriminados .





3°-Simbologia quanto ao tipo de corrente
























4°-Simbologia quanto à tensão de isolação



Tensão de isolação ou tensão de prova. É o valor máximo de tensão que um instrumento pode receber entre sua parte interna (de material condutor) e sua parte externa (de material isolante). Esse valor é simbolicamente representado nos instrumentos pelos números 1, 2 ou 3, contidos no interior de uma estrela.



Note que os números significam os valores de tensão de isolação em KV.



Observação: A existência da estrela sem número em seu interior indica que o valor da tensão de isolação é de 500 V. Usar instrumentos de medidas elétricas que apresentam tensão de isolação inferior à tensão da rede a ser medida pode causar danos aos instrumentos e risco do operador recebe um choque elétrico. O instrumento pode ser utilizado, sempre que sua tensão de isolação for maior que a tensão da rede.



5°-Simbologia quanto à classe de precisão

A classe de precisão dos instrumentos é representada por números. Esses números também são impressos no visor dos instrumentos.










Classe de precisão: A precisão do instrumento é indicada pelo seu erro em porcentagem do seu valor, no fim da escala.
Exemplo: Qual é o erro de um amperímetro para 60 A da classe 1,5 quando o instrumento indica 40 A?
Erro de medição ± 1,5% de 60 A = 0,015 x 60 = ± 0,9 A
O valor real está entre 39,1 e 40,9 A.




16 comentários:

  1. simples, objetiva e rápida!!!
    Muito boa sua explicação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que vcs tenha gostado mesmo....

      Excluir
    2. Estava a proucura mesmo....Obrigado pelas explicações!

      Excluir
  2. Ótimo sua explicação, parabéns
    Simples
    Clara
    e
    Objetiva.

    ResponderExcluir
  3. Matéria de concurso. Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. show de bola!!!

    ResponderExcluir
  5. Excelente!!! Nota 1000.

    ResponderExcluir
  6. Falto um detalhe no cálculo de erro admissível.
    Classe de precisão x Calibre/100. Fora isso, está tudo bem.
    Bom trabalho. Parabéns! =]

    ResponderExcluir
  7. Faltou** Sorry. hehe

    ResponderExcluir
  8. Muito bom! Parabéns pela explicação! Sucesso para seu site!

    ResponderExcluir
  9. Parabééns!! ME SALVOU

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...